Visitas

quinta-feira, 26 de maio de 2016

( ... ) E agora gostava de deixar um conselho aos habitantes do coração, aos artesãos da integridade e empatia …..



Mais uma crónica de hoje quinta-feira, 26-05-2016




( ... ) E agora gostava de deixar um conselho aos habitantes do coração, aos artesãos da integridade e empatia …..

 

Levar uma vida inteiramente a partir do coração não é fácil. Exige primeiro ter percorrido um longo caminho interior para adquirir auto-conhecimento adequado. Só então aceitamos os outros como a nós mesmos.
“Quem não aceita a si mesmo, carrega frustrações e inseguranças no seu interior. Uma alma habitada por muitos vazios não resolvidos só é capaz de ver nos outros os seus  defeitos e as suas  falhas.”
( atenção amigos pensem no que acabei de dizer…. )  querem que eu repita? Vou repetir….
E não é assim . Como se deve ou devia imaginar, não é fácil oferecer essa abertura, essa sinceridade na qual nos deixamos envolver recebendo o olhar de alguém que sabe como nos servir, que entende a linguagem da compreensão e os nossos pequenos detalhes. E  que características estão implícitas nestas figuras?
§           Alguns pensam que as pessoas sinceras e genuínas “vêm de fábrica”, nascem com luz própria.
§           Não é verdade, tem de se percorrer um longo caminho na vida, no qual aprendemos a olhar o nosso interior, crescer, amadurecer em emoções, sabedoria e entendimento.
§           A base de quem sabe viver a partir do coração é aquele que sabe como mostrar empatia.
§           A empatia é a melhor homenagem que nosso cérebro social nos ofereceu. Não tenham duvidas …..

Quem for capaz de oferecer essa abertura tão íntegra, onde o olhar não serve apenas a um rosto, mas pode ler além do aspecto físico, também é capaz de se sentir em si mesmo o que sofremos, o que vivemos para chegar ao ponto em questão. E por aqui fico, e reflitam em algumas palavras e frases que acabei de dizer ….Até para a semana e bem - hajam
27 de Maio de2016

Sem comentários:

Enviar um comentário