Visitas

domingo, 11 de julho de 2010

A Subtil diferença ...


Todo o mundo conhece este tema, a subtil diferença de Shakespeare, mas como ainda pode haver alguém perdido neste mundo que nunca tivesse a oportunidade de ter lido este conjunto de palavras mágicas, que neste momento até já poderão estar desactualizadas, serem consideradas de lamechas, de frases feitas enfim o que lhe quiserem chamar, mas, para quem por vezes se encontra com algumas dúvidas existenciais, aconselho a ler este textozinho que talvez ajude a " dar o salto " e pensar que , ( ...) a vida tem valor e que você tem valor diante da vida ". Tudo o que aqui está escrito já todos sabemos e será que o aplicamos?
Um dia todos aprendemos a subtil diferença ...
Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a subtil diferença,
entre dar as mãos e acorrentar uma alma.
E também aprende que amar não significa apoiar-se,
e que companhia não significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.
E começa a aceitar as suas derrotas com a cabeça erguida e os olhos em frente,
com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir os caminhos de hoje, porque o terreno de amanhã
é incerto demais para planos, e o futuro tem o costume de cair a meio.
Depois de algum tempo também percebe que o sol queima
se ficar muito tempo exposto a ele.
E aprende que não importa o quanto você se importe,
com algumas pessoas ...
E aceita, que uma pessoa mesmo sendo muito boa para si, ela vai feri-la
de vez em quando e vai desculpá-la por isso.
Também vai aprender que falando alivia as dores emocionais.
Aprende que leva-se anos a construir a confiança e apenas segundos para destruí-la,
e que pode fazer coisas que depois se vem arrepender para o resto da sua vida.
Aprende que as verdadeiras amizades continuam sempre para o resto da vida
mesmo a longas distancias.
Aprende também que o que importa não é o que tem na vida, mas quem tem na vida,
e que os bons amigos são a família que nos permitiram escolher...
Descobre que se devem dizer às pessoas que amamos, palavras amorosas,
não é depois de partirem dizer que, era/foi tão bom !!!
Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Também vai aprender que não se deve
comparar a ninguém, porque já é o melhor que pode ser.
Aprende que a telorância é uma arma importante e tem de usá-la.
Descobre que não pode levar muito tempo a ser a pessoa que quer ser
porque o tempo é curto. Aprende que tem de controlar os seus actos
ou eles a controlarão a si e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter
personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação,
porque existem sempre os dois lados.
Aprende que os heróis são aqueles que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando
as consequências. E aprende também que a paciência requer muita prática.
E descobre mais uma coisa, que por vezes a pessoa que espera que lhe dê um
pontapé, e quando cai no chão, é uma das poucas que a ajudam a levantar.
Aprende que maturidade tem mais a ver com o tipo de experiência que se teve
e o que aprendeu com ela do que os anos que já tem.
Também aprende que nunca deve dizer a uma criança que os seus sonhos
não existem, isso seria uma tragédia para a própria criança .
Também vai aprendendo que quando está furioso tem todo o direito de o estar,
mas não lhe dá o direito de ser cruel. E vai aprender também que quando
alguém não a ama como gostaria, isso não significa que essa pessoa não a ama,
simplesmente não sabe como o demonstrar.
Também tem de perdoar-se a si mesmo, é coisa que tem tb. de aprender,
Cuidado com os julgamentos que faz das pessoas, pode ser injusto ...
também poderá ser julgado e também não vai gostar.
Vai aprender que pode estar muito magoada, o seu coração
está feito em mil pedaços mas tem de arranjar maneira de sair desse sufoco!
o mundo não vai parar para consertar o seu coração. E tenha sempre presente
o tempo nunca volta para trás.
Portanto, plante o seu jardim e decore a sua alma, e não espere que alguém
lhe dê ou traga alguma coisa. Tem de ser forte, e que pode ir muito mais longe
mesmo depois de pensar, que já não pode mais....
Descobre, que realmente a vida tem valor e que você tem o seu valor diante da vida
e que as nossas dúvidas por vezes são taidoras e nos fazem perder o bem que
poderíamos conquistar, se não fosse o nosso medo de tentar!!!
William Shakespeare

Sem comentários:

Enviar um comentário