Visitas

sexta-feira, 16 de abril de 2010

António Alçada Baptista




Continuando....


" As relações de sexo podem ser vividas enquanto somos novos, mas os encontros de amor exigem essa maturidade, quase a ausencia do desejo, gosto de estar aqui contigo, fazer festas no teu corpo já cheio do tempo, apetece-me beijar-te, porque estou a beijar a tua história pessoal, aquilo que vives-te, as tuas alegrias e as tuas dores. É nestas coisas que sinto que envelhecer é uma arte e que o amor só se vive plenamente quando o desejo já não comanda o nosso encontro mas sim aquilo que somos e a qualidade da nossa relação... "




in " Tecido de outono"



É todo este envolvimento de palavras que me agrada imenso...


Nas obras de António Alçada Baptista a terra é mulher -e a vida é mulher, guerreira ou doméstica, mulher que é carne do corpo, sentido da alma...


Esteja onde estiver, que esteja em Paz e obrigado por nos ter escrito....


Bem haja






















Sem comentários:

Enviar um comentário