Visitas

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Gosto de gente com personalidade forte.




Gosto de gente com personalidade forte. Não sei se por causa da maneira como fui criada, já que a minha mãe, o meu pai não, ela sim, era uma pessoa de personalidade e génio fortíssimo, gosto de encontrar pelo meu caminho pessoas firmes com opinião, aquelas que não são susceptíveis de mudar por conveniência, que sabem ser directas nas suas ideias sem darem mil voltas….
Não recaem na hipocrisia de serem mansinhas e imparciais, mordendo por fora e aptas a puxar o tapete logo a seguir ….
Há “gentes” que prefere viver mascaradas, que se escondem atrás de estereótipos, que gostam de viver de fingimentos e se recusam a encarar realidades, verdades e atitudes honestas. Geralmente, se acham os donos da verdade e esquecem os seus telhados de vidro, confundem sinceridade com afrontamento, desandam a apontar as feridas alheias, vivem de fachadas belíssimas, vangloriam-se por  qualquer coisa ; mas... experimentem chamar uma dessas pessoas para uma conversa franca e com um certo  nível de conhecimentos.

Claro que não me considero nada mascarada, antes pelo contrário. Sei que algumas pessoas  me considera neste momento algumas  coisas de ruim …. Mas  isso é um problema de conceito ou preconceitos dessas mesmas pessoas. Se me dou ao trabalho de parar e observar atentamente as atitudes de alguém, de conhecê-las/os, de dar corda para que sigam em frente  “mostrando-se” para mim, como são na realidade, então façam-no  e depois, sim, tirem a conclusão que quiserem.
Já encontrei pela vida fora pessoas que me deram algumas “tareias verbais” mas felizmente muito poucas mesmo através dos seus pontos de vista, muitas vezes até de um modo um pouco doloroso, ríspido, como uma chamada para realidade.. Naquilo que parei para analisar e vi que realmente havia razão, modifiquei e pedi desculpa.
É realmente difícil ouvir uma verdade que não gostamos de encarar. Mas dou o braço a torcer nas calmas ….. mas prefiro mil vezes que me digam algo cara a cara, mesmo que me desarmem, seja isso bom ou ruim.
Tenho imensa intolerância a quem me engana. Isso sim é arrasador, de me deixar de rastos …. questão de repulsa mesmo…. Percebem? Sejam sinceros sempre comigo, digam-me sempre a vossa  verdade e então lhes  direi a minha (se é que já não tenha dito antes).
Nestes últimos tempos tenho observado muito disso em diversas situações. As pessoas parecem  sentirem-se melhores sendo enganadas, ou então não gostam de receber uma ajudinha de quem está vendo tudo de fora, de quem está vendo melhor, sem tomar partido. Nunca nada de discussões. Alias, existem pessoas que não sabe ou não sabem nem o que é isso de diálogo…. para quê ?
É preciso descobrir que se pode ser verdadeiro sem ofensas, sem humilhar, sem denegrir a moral de alguém, e sem brigar. Trocar e discutir ideias ou opiniões são altamente saudáveis e fazem-nos crescer.
Ter posicionamentos e defendê-los, ainda que não agrade a gregos e troianos, é algo que me atrai um bocado sou sincera. Claro que, faço os possíveis para  não confundir pessoas  sinceras com pessoas de coração endurecido. Nem pensar nisso é bom… e quando percebo que estou com uma pessoa sem um pingo de sensibilidade ou tem e não demonstra, nem há diálogo nenhum, não tenho pachorra já para isso, afasto-me pu se não puder falo do tempo …...
De um ser comum,  já basto eu…..


Sem comentários:

Enviar um comentário