Visitas

domingo, 28 de setembro de 2014

Artes .....

 
 

Este é o texto que escrevi para o Artshow de 2014
 
Artes, artes, artes .....
 
Entrar no mundo das artes é alguém que insiste em expressar seu espírito criativo, revelando a vocação da própria alma por meios de paixões estéticas e tratamento autêntico da vida real. Alguém que não tem medo de partilhar com os semelhantes o seu  verdadeiro Eu, por exemplo, sem  pretensão alguma  sou uma das pessoas que insiste em expressar o seu espírito criativo, revelando a vocação da própria alma por meios de paixões estéticas e tratamento autêntico da vida real.
Descobri que existe sempre  um público para a nossa Arte, seja ele qual  for. Descobrir o canal adequado à nossa expressão é ganhar ímpeto criativo. É um facto!
E, quando achamos que existe criatividade dentro de nós, não podemos  perder muito tempo, porque esse tempo é preciso para quem precisa de criar e para quem se quer sentir vivo. Quando criamos, a nossa mente e o nosso corpo geram o máximo de energia, e ganham vitalidade.
Mas nada é fácil !!!! Tudo precisa de um tempo para amadurecer, e todos nós sabemos que para colher belos frutos, precisamos de paciência e dedicação. E já que sabemos que precisamos de algum tempo para ver os resultados, então porque não nos dedicamos ao que amamos de paixão? Algum retorno teremos, não será assim?
É tal e qual como atravessar a  vida com musica vibrando dentro de nós, pensando sempre que é impossível criar oportunidades para a nossa alma cantar.
Esse pensamento negativo nasce junto com a falta de fé nos nossos sonhos. Esquecemos que, para termos uma visão ampla e chegarmos aonde queremos, precisamos dar muitos passos ou passinhos muito miúdos e fazer  muitos actos pequeninos, fiéis às nossas intenções para chegarmos ao que almejamos.

Com isso, a nossa auto-estima sobe, nossa confiança robustece-se, e a nossa capacidade aumenta, a vida se torna mais fácil e agradável". Esta é a minha opinião Acerca deste assunto, opinião essa  que vale o que vale !!

Reitero:  para que sempre sejamos fiéis aos nossos sonhos e objectivos, não devemos de nos esquecer de nos sentirmos vivos, e para isso precisamos criar!


E como diz Leonardo da Vinci …

“ A arte diz o indivisível, exprime o inexprimível e traduz o intraduzível”

 
 
Maria Dulce V.  Horta

www. encontro-palavras.blogspot.com




Sem comentários:

Enviar um comentário