Visitas

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Galliano and Marsalis - La Vie En Rose



Oiçam bem alto é lindo|!!!!! para quem gosta  !!!!

E, para para complemento ( sem ter nada a ver com a musica ... ) deixo este poema "roubado" mas que tem uma certa graça !!!!

Porque será que o Mar tem sabor a sal
Que em certas cabeças há uma ideia fatal
Que a injustiça tem a cor da burrice
Que às vezes gente boa é possuída pelo mal

Falava de mulheres...algumas...
Às vezes os barcos levam os seus nomes para o alto
Já encontrei um coração de ouro
Que descobri ser de duro basalto...

Negro...
Negras são as pedras da ilha
Negros são os pensamentos
Morreu a cor à maravilha

De folhas de Outono se coroa uma tonta
Lancei pedras sobre as ondas furiosas
Teimosamente arde neste peito uma raiva

E vi muito lixo num covil de raposas

As coisas que um poeta vê
As coisas que invadem uma alma demente
Num silencio contaminador, estonteante
Ouvi palavras de amargo presente

Cheguei finalmente a uma certa praia
Fiquei encoberto por uma mancha de gaivotas
Na impressionante fachada da minha alma
Fecham-se com estrondo todas as portas

Não entra porcaria com rosto de gente
Carreguei o silêncio sobre o sofrimento
Parei o relógio por um momento
Para ficar fora, da maldade isento

Para trás ficam as estátuas
Uma gárgula de cabelos em pé
A raiva que envenena mortalmente a terra
Uma insignificante criatura em pé de guerra

Já nada existe
Apenas o chão que estremece
Na areia repousam barcos pintados de inspiração
E perdido um falso coração
Uma mulher e uma saca de alfarrobas
Um pião talhado à navalha que um rameloso fez
Uma coroa de lixo que o mar não quis
Na cabeça da...Rainha da Estupidez...

Sem comentários:

Enviar um comentário