Visitas

domingo, 22 de julho de 2012

A Arte Contemporânea - Instalações ....

O papel da arte na nossa vida depende  da maneira como a vivemos. Por exemplo, na vida de uma pessoa culta, sensível e de cabeça arejada, é certamente, melhor e mais considerável, do que na vida de um inculto insensível e “escravizado” das várias formas. Então teremos de ver e  perguntar, que tipo de pessoa? E como será a sua vivencia? A beleza da arte depende dos olhos de quem a vê. O mundo sem a música, a dança, cinema, os livros, os quadros e os desenhos seria um deserto, pois todos somos artistas e pintamos a cada dia, cada momento um pedaço nesse grande quadro chamado VIDA. Eu pelo menos penso assim.

Passemos então para o mais importante. Hoje fui desafiada, pela Pintora Romaria Passos, ( sim, porque estou sempre receptiva a novos desafios, mesmo não gostando… ) para uma “brincadeira” muito arrojada, pelo menos para mim, que tenho uma certa “relutância” por ignorância ( tenho consciência plena disso ) para produzir uma instalação no âmbito de um projecto sobre Arte Contemporânea que se está a realizar no Museu Municipal de Óbidos durante o Mercado Medieval. E eu sou lá mulher  para dizer não a um desafio destes? Não posso!!!! Irei trabalhar arduamente nestes dias a fim de não deixar ninguém ficar mal, principalmente a minha querida Pintora Romaria Passos, ( que merece isto! ) “mulher dos 7 instrumentos” sabedoria em dose dupla, cultura em dose dupla, comunicadora em dose dupla, idade em dose única!!!!  E com todo o seu ensinamento cá vou eu à procura de ….. 

Um pequeno texto que ilustra um pouco a Função da Arte . 

"João vivia no interior e não conhecia o mar. O pai, um dia levou-o para que descobrisse o mar. Viajaram até à Foz do Arelho !!!
O mar, estava do outro lado das dunas altas, esperando por eles.
Quando o João e o pai alcançaram aquelas alturas de areia, depois de muito caminharem, o mar estava na frente de seus olhos. E foi tanta a imensidão do mar, e tanto fulgor, que o menino ficou lívido de tanta beleza.
E quando finalmente conseguiu falar, tremendo e gaguejando, pediu ao pai: 

- Ajude-me a olhar, pai !!!  ( Ajude-me a olhar Roma !!!! ) 

Até breve vou trabalhar e voltarei com  “a  arte contemporânea e a minha instalação ” ….


Sem comentários:

Enviar um comentário