Visitas

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Há ocasiões nas nossas vidas .... ...


Há ocasiões na nossa vida em que, antes de abraçar uma nova situação, é preciso reflectir um bocado, nem sempre isso acontece mas, um momento de avaliação e veredictos a partir de factos passados, a fim de se poder ter uma melhor percepção de que a vida continua, sem precedentes tem mesmo de ser .Pensar sobre os aspectos que se repetiram e que de certa forma nos cansaram.  
Fechar um ciclo, ( eu sei é muito difícil! ) para dar entrada a uma nova etapa e entrar numa nova fase para continuar a viagem estonteante da vida,  com mais maturidade, de quem encontrou um sentido para tudo o que já aconteceu. 
A vida é criativa, insólita e cheia de possibilidades. Não se deve de modo algum manter uma posição de intangível segurança, fechando a porta a tudo e a todos, não, não pode ser temos de deixar entrar as mil possibilidades do desconhecido. É algo que fascina e apavora, quando se está “acostumado” a uma forma de estabilidade, e, aí nenhum de nós tem dúvidas disso…. 
Mas quando de repente existe um  surgir de acontecimentos e novidades não planejados,  começa-se a travar contacto com a própria ambiguidade e se dá conta de algo pessoal, a duplicidade. Onde se questiona e se entende bem melhor que as certezas não são tão absolutas e que a dúvida, mesmo que incomode, é libertadora. 
Começa a acontecer uma consciência que transborda, que se expande e se derrama de uma forma deliciosamente desprendida, onde generosamente se doa sem esperar nunca algo em troca, essa é a fase mais bonita, creio eu!!!

E, acreditem ! uma nova realidade se exprime, um espelho da disposição sentida da alma, e quando flui, então a magia acontece!




Sem comentários:

Enviar um comentário