Visitas

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

E o preto não existe ...



E O PRETO NÃO EXISTE !!!!


“As três cores primárias todos sabem, são amarelo, vermelho e azul. Destas surgem às outras pela união de uma com outra. Isto pode ser conferido olhando as cores do arco-íris. Lá estão elas acompanhadas das cores complementares. Branco é, a soma de todas as cores e o preto a total ausência de luz/cor .. “

E porque estou a falar nisto? Porque hoje de tarde ouvi estas palavras da pintora Romaria Passos de uma maneira tão clara que ficou dentro da minha cabeça e aqui vou tentar reproduzir mais ou menos …
“ Ora, como pintora que sou, e exercendo esta actividade uso o que a imaginação humana há muito criou para representar as cores. Tintas!! Criadas há muito tempo por excelentes artesões/alquimistas a partir de pigmentos; hoje já estão a disposição de todos, para que colocados em bases, possam ser vistas artificialmente….
E o que aprendemos com os Mestres foi que existem somente as três cores primárias que não podem ser desdobradas e que todas as restantes são somas de uma com outras. Dou como exemplo, uma sala toda pintada de branco, é de noite e sem luz, de que cor fica a sala ?
Às vezes quando pinto uma tela, preta que preparo adequadamente, sobre o qual desenho com lápis de pastel seco de cor clara, ou giz, vou aplicando as cores colocando-as sobre a tela, como se fossem luz.
A luz pode ser estudada e desdobrada, a escuridão não. Esta é absoluta, um nada. Dentro desta premissa, alem de pintar sobre “preto” colocando as cores como se fossem luz, procuro agir sempre assim no meu dia a dia. Evito falar em factos ou aspectos negativos (escuros), dando sempre ênfase e luz sobre os aspectos positivos. Penso, em teatro, em circo, num show, onde está à luz, o foco da atenção? Concentrada, em quem dirige o espectáculo, e que quer que “você” tenha a sua atenção. Os “holofotes” estão todos concentrados no que se quer salientar ….
Então e que tal “gastar” o nosso tempo, as nossas energias somente com aspectos positivos do que se lê, vê, ouve ou vive?. Ponha a sua atenção, o seu foco, sobre o que pode ser construtivo, sobre o que pode somar em vez de dividir ou diminuir. Ponha a “luz” sobre o “ser” ao invés do “ter” e ficará surpreso em ver como tudo pode aparecer com novas cores, novas nuances desconhecidas e prazenteiras.
Ponha mais “luzes” na sua vida, some vidas em vez de dias. Saliente o positivo, não dando espaço ao negativo. O mundo, o planeta, e a vida que estamos tentando preservar agradecem. Os filhos, e outros que virão terão mais cores, mais luzes para apreciar, e mais prazeres para usufruir.!!!! “

(é esta a força que nos falta, e que os brasileiros, talvez por serem muito místicos têm, pelo menos a mim falta-me, como não acredito em nada !!!!! )

Nota: e não foi “ontem” foi o mês passado …

Sem comentários:

Enviar um comentário