Visitas

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Escolho os meus amigos ...



Oscar Wilde,é muito agradável recordá-lo ... personagem de quem gosto muito !!!


Escolho os meus amigos não
pela pele ou outro
“arquétipo”qualquer,
mas sim pela pupila,
tem que ter brilho ...
questionador e
tonalidade inquietante.
A mim não me interessam
os bons de espírito
nem os maus
de hábitos!!!
Fico e gosto d'aqueles que fazem de mim
louco e santo.
Deles não quero resposta,
quero meu o avesso….
que me tragam dúvidas e angústias
e aguentem o que há
de pior em mim….
Para isso, só sendo louco!!!
Quero-os santos, para que não duvidem
das "diferenças" e
peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela cara lavada
e pela almae xposta.
Não quero só um ombro ou um colo,
quero também sua
alegria…
Amigos que não riem juntos não sabem sofrer juntos.
Os meus amigos são todos assim: metade “loucura”, metade
seriedade….
Não quero e não gosto de risos previsíveis
nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem
da realidade a sua
fonte de aprendizagem, mas lutam sempre
para que a
fantasia não desapareça….
não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice….
crianças, para que não esqueçam
o valor do vento no
rosto e velhos,
para que nunca tenham pressas….
E amigos que saibam quem eu sou!!!!
Pois os vendo loucos e santos, engraçados e sérios,
crianças e velhos, nunca me esquecerei de que a
"normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril….. “

Oscar Wilde

(adorooooo!!! todas estas palavras, e gostava de ter sido eu a dizer tudo isto ....

1 comentário:

  1. Também amo o Wilde. Li o Retrato de Dorian Grey ainda menina, e perdi muito do seu sarcasmo e cinismo. Reli mais duas vezes, e até hoje encontro algo novo. Suas peças também conservam essa típica pitada de humor e muito sofrimento.
    Obs: Adoro esse 'sininho' do seu blog :•)

    ResponderEliminar