Visitas

quarta-feira, 6 de abril de 2011



Diz a lenda que Cleópatra era uma mulher feia. Pensavam que era parecida com Elisabeth Taylor com seus lindos olhos violeta? Nada disso, a Cleópatra real era mesmo muito feia!!!
Pelo menos é o que atestam pesquisadores que até já tentaram reconstruir o rosto da rainha, baseados claro, em cronicas do período em que ela viveu.... Mesmo assim, não sendo nenhuma beldade, conseguiu seduzir os dois imperadores ….
E qual o segredo de Cleópatra? Penso que é conhecido era o perfumeeee!!!!
Cleópatra adorava unguentos e pomadas aromáticas, usava e abusava de fragrâncias de todos os tipos, por onde passava deixava sempre rasto…
Há uma cena muito comentada onde ela vai ter com Julio Cesar ao quarto enrolada num tapete, e César perplexo e não ficando nada impressionado com a sua beleza, mas não resistindo sucumbiu completamente ao seu cheiro agradavelmente sedutor.
E é pelo cheiro, através do sistema límbico (no cérebro), que reconhecemos o perigo e nos apaixonamos, e esta de certeza que não sabiam !!!
Um instinto biológico, mas que com o passar do tempo sofisticou-se graças a capacidade humana de imaginar e projectar o belo, e o agradável.
Mas este texto não pretende falar sobre a soberana que se matou com uma picada de serpente ou sobre os seus romances, mas da fixação dela pelos perfumes. Todas nós, em maior ou menor grau, compartilhamos a paixão de Cleópetra por cheiros agradáveis. E foi lá mesmo, no Egipto antigo, antes da dinastia dos ptolomeus (a de Cleópatra) que o perfume nasceu.

Quer saber como foi?
“Per fumum” para agradar aos deuses ...

A palavra perfume é de origem latina, "per fumum" , e significa “pela fumaça”. O nome foi inventado pelos romanos, embora o perfume já existisse bem antes do advento do império mais poderoso da antiguidade.
Uma lenda hebraica diz que o perfume foi uma criação de Deus, que teria dito a Moysés, na mesma ocasião em que ditou para ele os Dez Mandamentos, para queimar incensos aromáticos (fumaça), criados a partir de ervas e flores !!! e assim homenagear o Criador.
E, lendas à parte, foi para honrar os mortos e os deuses que o bendito perfume surgiu.
Há mais ou menos 2.000 a.C, os egípcios já fabricavam unguentos e pomadas para untar os corpos dos mortos da nobreza, que seriam embalsamados. O perfume nasceu com as múmias. Das casas mortuárias egipcias, a criação dos antigos embalsamadores migrou para os altares e o seio da nobreza, literalmente, pois só os nobres podiam usar determinadas fragrâncias consideradas divinas. No entanto, os soldados também tinham direito de usar pomadas cheirosas e em 1.330 a.C, até fizeram uma greve contra o faraó Seti I. Pensam que eles reclamaram da falta de comida? Nada disso o
perfume tinha acabado! ( lindo!!! )
É a partir do século X que os árabes transformam os antigos unguentos, óleos e pomadas da antiguidade, no avô dos perfumes contemporâneos. Os alquimistas da Arábia descobriram várias formas de extrair as essências das plantas, diluí-las em álcool e
fixarem o cheiro a partir do almíscar encontrado nas glândulas sexuais de alguns animais. Hoje em dia, o Greenpeace brigam para que marcas famosas como o Channel 5deixem de extrair substâncias dos pobres bichos e usem fixadores desenvolvidos em laboratório. Para mim, que adoro perfumes, é bem mais confortável ter certeza de que o meu perfume preferido não é adquirido a partir do sofrimento de animais .
Da Arábia, os perfumes conquistaram os espanhóis, que viveram sobre dominação árabe numa parte da Idade Média, e de Espanha, e o hábito de se perfumar avançou pela Europa. A fama dos perfumes porém, começou na França do século XIV. Até hoje, o país é a referência mundial em perfumaria.....

Sabia que…
o primeiro perfume que se popularizou na Europa foi feito para a rainha Elisabeth, da Hungria, em 1730 e não passava de uma delicada água de rosas?
que a partir do século XIX o perfume passou a ser usado como terapia?
que a aromaterapia é o uso de substâncias com odor agradável para ajudar no bem-estar?
que o cheiro de lavanda, por exemplo, é calmante?
que a hortelã é curativa?
que o limão ajuda na concentração e o alecrim alivia o cansaço?
que um perfume é feito a partir da combinação de e até 200 substâncias?

Assim como os acordes de uma música, o perfume tem notas: as de cabeça são as que evaporam em três minutos; as de coração, formam o cheiro real do perfume e duram até oito horas e as notas de fundo são o cheiro residual, que permanecem na pele pelo
período de 24 horas …

(Texto baseado em pesquisas da net)

1 comentário:

  1. uau! Sempre aprendendo coisas novas...De perfumes entendo quase nada.Só me contaram uma vez, que o almíscar é afrodisíaco.(Comigo nunca funcionou :•)
    Há um filme "O PERFUME", angustiante, mas muito interessante com o Dustin Hoffman; em que um jovem perfumista,de olfato perfeito, busca capturar cheiro também perfeito.Tem também um filme sobre essa Rainha da Hungria,que no filme é Condessa-de 2009-Aqui no Brasil-"A CONDESSA DE SANGUE". Húngara Erzsebet Bathory do século XVI,considerada a maior assassina da história pelo povo acreditar que ela se banhava em sangue humano.Filme baseado em caso real.Beijos com cheiro de alecrim (meu preferido).

    ResponderEliminar