Visitas

sexta-feira, 11 de março de 2011

Ser arrogante ...



Ontem a Ana perguntou-me, como escreves? É ao correr da pena? E eu respondi, não! Ao longo destes ultimos 12 anos fui escrevendo notas sobre assuntos que me interessavam e fui guardando, quando me apetece vou buscar. Mas hoje não, acontece que estou furiosa e então aqui fica o meu desabafo …
Odeio arrogância!!!! uma pessoa arrogante, considera-se um ser superior que não consegue rir de si mesma, nem nunca tem sentido de humor, tudo parece mal e até parece que nunca sofreu na pele nada, que nunca levou na cabeça, nunca nada, adorando dar conselhos e "dicas". Como, deves fazer isto, deves fazer aquilo, nunca pensado que, o outro tb tem cabeça e “quando lá chega o outro já lá está “ agem sempre como sendo os detentores da verdade ..…
Os arrogantes não admitem receber críticas, mesmo que seja público e notório o erro cometido. Armam-se de vítimas e perseguidos, considerando extremamente ofensiva e desnecessária a crítica, tendo por vezes atitudes grotescas e inconsequentes na maior displicência, e quem está errado? são sempre os outros…... adoram ditar regras criadas por vezes sem sentido e sempre segundo os seus pontos de vista.
Normalmente estas pessoas ficam relegada a segundo plano, pois acham sempre que carregam consigo toda a responsabilidade e como pensam que têm sempre razão, são uns horríveis, odeio-os !!!…. Sempre a corrigirem os outros, cheios de certezas, contudo sãos mal vista pelos que se encontram em seu redor tendo poucas simpatias e fazendo poucas amizades ao longo da sua vida … ( qd. têm 2 personalidades, cuidado!!! )
Afinal contas, são pessoas inseguras com falta de afecto e de uma fragilidade sem limites, coitadas são umas tristes….
Encontrei na minha vida, uma pessoa ( ou várias ) que fazem parte deste grupo. E cada vez que a encontro, mais me convenço que o que realmente eu gosto e me interessa nesta vida é a IMPERFEIÇÃO, as loucuras/doideiras, ( quarta-feira de cinzas inesquecível ) o estar sempre a aprender com os erros assumidos, o riso, o sentido de humor, a solidariedade, as tentativas e os tombos…. Quem se acha “o maior” pode ir para o Céu e juntar-se aos desinteressantes, chatos e tediosos, que eu não quero ir para lá, assim como assim, não conheço lá ninguém… e o que eu quero mesmo é estar aqui, divertindo-me quando posso, dizer disparates e principalmente aprendendo sempre com o que me rodeia, renovando-me sempre e cheia de interesse pelo mundo e pelas outras pessoas que podem ser pessoas, sem precisarem ser Deus…..

Desculpem o desabafo, mas agora já estou sem o tal de " nó " na garganta ...

Sem comentários:

Enviar um comentário