Visitas

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Uma definição ....





O Paulo Coelho, enfim!! não lhe encontro grande graça mas tem 2 ou 3 livros que na altura que li em 1999/2000, confesso que me identifiquei com eles e nunca mais os esqueci, neste momento é pessoa que já não leio nada do que escreve, mas de um dos livros guardei este pequeno texto que de uma maneira muita ligeira (um bocadinho machista, talvez) transcreve uma definição do qual achei que fazia algum sentido, guardei-o, e aqui fica ...


"( ...) As jovens são lindas... mas as de 40 para cima, são muito melhores. Por tantas delas somos capazes de atravessar o atlântico a nado. O corpo muda... cresce. Não podem pensar, sem ficarem psicóticas que podem entrar no mesmo vestido que usavam aos 18. Entretanto uma mulher de 50, na qual entre na roupa que usou aos 18 anos, ou tem problemas de desenvolvimento ou há qualquer coisa que não está bem.
Nós gostamos das mulheres que sabem conduzir sua vida com equilíbrio e sabem controlar sua natural tendência as culpas. Ou seja, aquela que quando tem que comer, come com vontade (a dieta virá em setembro, não antes; quando tem que fazer dieta, faz dieta com vontade (sem sabotagem e sem sofrer); quando tem que ter intimidade com o parceiro, tem com vontade; quando tem que comprar algo que goste, compra; quando tem que economizar, economiza.
Algumas linhas no rosto, algumas cicatrizes no ventre, algumas marcas de estrias não lhes tira a beleza. São feridas de guerra, testemunhas de que fizeram algo em suas vidas, não tiveram anos 'em formol' nem em spas... viveram! O corpo da mulher é a prova de que Deus existe. É o sagrado recinto da gestação de todos os homens, onde foram alimentados, ninados e nós, sem querer, as enchemos de estrias, de cesárias e demais coisas que tiveram que acontecer para estarmos vivos.

Cuidem-no! Cuidem-se! Amem-se!
A beleza é tudo isto."

Paulo Coelho

Sem comentários:

Enviar um comentário