Visitas

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Os 32 anos do Vasco ....



Criar um filho é uma aventura personalizada, sem manual de instruções. Definitivamente, é preciso uma boa dose de paciência e sabedoria para agir correctamente diante do inesperado!!!.

Quando eles nascem é o paraíso. Ficamos bué de babadas com a novidade. Registamos tudo, compulsivamente, desde o primeiro bocejo até a participação da escola, fazendo uma espécie de papel de árvore. É impressionante o envolvimento e a cumplicidade que adquirimos com o passar dos dias, dos anos e nem nos apercebemos que eles crescem rápido e pedem espaço, palavra, tempo, entendimento e confiança….

Em se tratando da progenitora, a sua prole será sempre um bébe, dependente dos seus cuidados e frágil como um bibelot…. viramos leoas quando alguém os perturba, ou ofende …..e vê-los felizes e estáveis é a nossa luta e está sempre em primeiro plano, tudo o resto é dispensável…..

Ter filhos é aprender a lidar com o improvável, virar uma guerreira, ser engraçada, inventora, actriz, professora, enfermeira, médica e tentar encontrar as palavras certas para cada momento. É, acima de tudo, uma experiência fantástica em que se aprende, ensina, compartilha, teoriza e há sempre as horas para rir ou chorar, disciplinar ou relaxar. É uma alegria constante, um amor que não acaba, uma presença que ninguém substitui. Adoro os meus filhos, mas hoje especialmente…


… foi à 32 anos ... fui mãe de um menino lindo com 5,550 kg, o meu filho Vasco é para ele que vai este pequenino texto que saiu ao "correr da pena… "

Feliz Aniversário, filhote!

1 comentário:

  1. Parabéns, ao filhote!!!
    E aos pais, que dedicam e sua vida e a transformam, para criar um melhor bem estar...
    Temos mais um pisciniano:-)
    Bjinhos aos 2 e que parecidos estão na foto Lindos

    ResponderEliminar