Visitas

quinta-feira, 17 de junho de 2010

A Vida e o Riso ! ....




Tenho andado com muita pouca paciência para escrever, e principalmente sossego, porque têm-me acontecido tantas "coisinhas" ao mesmo tempo, que por vezes penso, será que não existem bruxas? ...não são graves, mas chateiam, mas, como gosto muito de vir até aqui, e este blog já faz parte do meu dia a dia, cá estou novamente deixando de lado as tais chatices, para dizer algumas coisas sobre um comportamento que eu considero algo importante,que é o "rir de nós próprios" ..

Rir dos outros, dos seus erros, das suas contradições, por vezes é considerado de insensibilidade. Mas, rir de nós próprios, das nossas incoerências e pretensões, , ou rirmos da nossa vida de um modo em geral, isso pode ser sinal de sensibilidade, abertura de espírito e inteligêngia.
Quem não for capaz em certos momentos, rir de si ou da sua vida, penso que será muito infeliz ou envelhecido, principalmente desprovido de sentido de humor, ou vive (e vou dizer uma frase que eu gosto muito) no "primeirismo mental". Claro que não quero dizer com isto que temos de estar sempre a rir, porque o elemento duro e muitas das vezes trágico fazem parte infelizmente das nossas vidas, e merecem o nosso respeito e o dos outros.
Todos somos frágeis, sujeitos aos caprichos da sorte, às limitações dos nossos cérebros e não podemos esquecer os nossos medos e os mitos, pecados , ilusões, os nossos comportamentos e incoerências, entre o que se diz e o que se faz, enfim tudo isto faz parte das nossas vidas, e pode sempre merecer o nosso Riso.
È muito importante para bem da nossa saúde mental , saber rir de si próprio ...







Sem comentários:

Enviar um comentário