Visitas

sexta-feira, 10 de abril de 2015




Ou são amigos ou não são, cada vez percebo menos as pessoas…..


Fui aprendendo ao longo da minha vida  que ninguém consegue agradar a todos!!! Que toda história contada, tem mais de um lado, aliás mais do que dois, três, ou quatro pois cada um conta ao  seu jeito !!!Que por mais que nos esforcemos  em explicar algo, as pessoas só entenderam o que estiver de acordo com o que elas querem entender, caso contrário, não entenderão e  não farão esforço para o entender!!! Existem  amigos de  todos os tipos, ... os que estão sempre presentes, outros só  estarão somente quando tu os convidas, e aqueles que estarão presentes sempre nas tuas dificuldades!!! Também aprendi que posso achar o que eu quiser de qualquer um, pois qualquer um pode achar o que quiser de mim tambem... Porque, o que nos define são todas as experiências certas ou erradas e as atitudes que tivemos depois dessas escolhas.; que pessoas perfeitas não existem, e nunca me venham cobrar nada, porque eu não gosto.
 E na realidade que só quem está disposto a ser amigo de verdade, é que respeita os outros com suas manias, imperfeições e erros, não significando com isso que os aceite …...
Mas algumas pessoas têm uma capacidade tão grande de convencimento, que acabam convencendo-se a si mesmas de algo que não existe ou que nunca aconteceu. E o pior é que tentam convencer, também, quem está ao seu lado.
Por exemplo, alguém passa por determinada situação, deu a cara por uma causa qualquer , e, no final, consegue se sentir injustiçada de tal maneira, que parece que foi vítima de uma maldade sem fim.
( isso aconteceu-me relativamente à pouco tempo, fui de uma hora para a outra sem perceber porquê  metida num embróglio sentimental, e a vitima  dessa maldade acabei por ser eu, o que ainda nem consigo acreditar nem compreender…. ) mas enfim!!!!
Outros, por sua vez, fazem tanta maldade com quem está a sua volta, sem nunca perceberem ou nâo querendo perceber, julgando-se verdadeiros praticantes da justiça que é uma coisa que me incomoda bastante e detesto.
Por vezes determinadas opiniões são-nos disponibilizadas. Caso concordemos, somos entendidos como se fôssemos bajuladores, como alguém que não tem opinião própria. Se discordarmos, é porque nunca concordamos com nada.

Alguém faz uma crítica a outrem. Se pactuamos com a crítica, por mais que a pessoa que criticou não fale, ela vai entender que também somos críticos. Se nos colocamos contrários à crítica, somos pessoas quadradas, fora da realidade.
O que era preciso era que houvesse alguém que fizessem ver a  esses seres descompensados que a verdade não é essa, e que têm  é de mudar de atitude mas drásticamente.
E o que é que eu levo daqui,  que cada um de nós cada vez mais  tem é que se preocupar com a sua própria vida, e chega, e com as suas atitudes,  de forma a ter  toda a liberdade de falar e agir, desde que não afecte quem está a sua volta, respeitando o direito alheio, que também pode agir e falar como quer. Respeitar as crenças, ideias, pensamentos, atitudes, mas com contas peso e medida. E não terem atitudes idiotas que ninguém entende ……
Perder tempo importando-se com o  próximo, já cheguei à conclusão e tenho pena de ter chegado a esta conclusão há pouco tempo     que  não é uma boa ideia, porque muitos não o merecem. E nós é que ficamos “amachucados”. Eu estou proibida  por razôes várias e de saúde principalmente, de me preocupar com os outros e esquecer-me de mim, Acabou.

Mesmo com tantos inconvenientes e dificuldades, precisamos sempre é de respeitar as pessoas.
Finalizando, este assunto,  para mim,  amigo é aquele que te puxa as orelhas sim, que não te quer  ver cair, que diz aquilo que pensa e não o que tu queres ouvir, que discute, que te manda à merda quando é preciso, mesmo tendo que te dar umas “palmadas” para  acordares...
Sou da época da  chinelada ( felizmente nunca levei nenhuma ) e não matava ninguém, não era crime, aliás, e quantas vezes as chineladas nos desviavam de cometer certos erros!!!



Sem comentários:

Enviar um comentário