Visitas

quinta-feira, 19 de abril de 2012

A árvore dos amigos ....






As coisas que ainda me surpreendem!!!!! eu que até pensava que já nada nem ninguém me surpreendia, mas não! … de repente gestos que nos chegam de quem por vezes até nem conhecemos muito bem, mas, surgem-nos assim “ umas coisas” que nos enchem a alma, fazem pensar e nos fazem acreditar que dentro do nosso mundo somos pessoas “importantes”… ficando-nos à posteriori um enternecimento e uma gratidão indescritível …. Pois é!!! mas também não deixam de existir os que se “atafulham de queijo” que além de poderem ter um ataque de fígado, ficam tão amnésicos que até dói !!!! foi o que me aconteceu que passados oito dias ainda ando a digerir …. ( lá venho eu, com o meu sentido crítico !!! ai, ai! os sentimentos, estão cada vez mais em crise !!! faz parte da “conjuntura”!Ao longo das nossas vidas vão existindo pessoas que nos deixam felizes pelo simples facto de se terem cruzado o nosso caminho. Algumas vão percorrendo sempre ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigos! Mas é evidente há muitos tipos de amigos…. Imaginemos uma árvore, e cada folha dessa árvore caracteriza um deles. Passamos a conhecer toda a família dessa árvores com todas as suas folhas, que aprendemos a respeitar …..Então o destino nos vai apresentando outros amigos, dos quais não sabíamos que iam cruzar o nosso caminho. Muitos desses denominados amigos do peito, são sinceros, são verdadeiros, percebem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz e infeliz... e às vezes, um desses amigos do peito até pode “estalar” o nosso coraçãozito e é então o chamado de “amigo do peito”!!!! entra tanto cá “dentro”, que às vezes até ficamos com um brilhozinho nos olhos ( já o diz Sérgio Godinho) e dá música aos nossos lábios, uma certa demência ( mas boa) e pulos aos nossos pés…..Mas, também não nos podemos esquecer dos amigos distantes, aqueles que ficam nas pontas dos galhos, da nossa bonita árvore, que quando o vento sopra, se vão aguentando sempre ( e eu tenho alguns… ) nunca desaparecendo, entre uma folha e outra, lá estão eles bem agarradinhos à sua árvore ……
O tempo passa, a Primavera, o Verão vão indo, e o Outono aproxima-se, e vamos perdendo algumas das nossas folhitas….
Mas não faz mal, nascem outras se for o caso, numa outra Primavera e outras permanecem por muitas e muitas outras estações….Mas o que nos deixa mais felizes é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria. Lembranças de momentos maravilhosos, os nossos risos, os nossos disparates, as “nossas fofocas” os “nossos espíritos que voltam” enquanto cruzavam com o nosso caminho, fomos tão felizes nesses momentos …..
Desejo às folhas da minha árvore, Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Sanidade Mental e Sentido de humor...
Hoje e Sempre... simplesmente porque: "Cada pessoa que passa na vida é única”. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de mim.
Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade da nossa vida e será que é esta a prova evidente de que “duas almas” não se encontram por acaso?.

Deixo isto à vossa consideração …..

Obrigada pelo vosso carinho, estou muito orgulhosa de fazerem parte das folhas da minha “árvore da vida”, e penso que nunca vos vou desiludir , se sim logo se vê !!!!!…







Sintam-se abraçados/as

Sem comentários:

Enviar um comentário