Visitas

terça-feira, 1 de março de 2011


Óleo de Aldo Balding

MENTIRA ou COVARDIA …

Porque é que uma pessoa mente? A pessoa mente, porque normalmente é covarde e esta covardia se deve ao facto de seu egoísmo fazer com que de alguma forma, se beneficie da mentira que disse, sem se importar se poderá ou não fazer mal (prejudicar) a alguem.

Um indivíduo mente, acreditando por vezes na mentira como verdade, fingindo-se de ofendido quando questionado e quando não tem saída, tenta justificar o injustificável, atacando, encontrando pretextos, fazendo-se de vítima ou mentindo mais ainda….
E, a isso se chama DISSIMULAÇÃO, E FALTA DE CARÁCTER !!!!!
Penso que quando se age desta forma, é justamente os que mais julgam o comportamento dos outros, esquecendo-se do seu próprio….
Não estou a falar daquela "mentirinha" usada para surpreender alguém ou por vezes até para descontrair, estou a falar da mentira que destroi, humilha e engana, encobrindo a covardia ou falta de carácter. Os mentirosos de serviço, como costumo dizer que se julgam óptimos actores e que normalmente até se costumam gabar disso, constumam falar muito de "mentiras construtivas" ou "mentiras necessárias" para justificar seus actos injustificados….

O que acabei de escrever vem a propósito de um episódio que me lembrei hoje e que foi vivido por mim e com uma senhora “mentirosa de serviço” há uns anos na Batalha, felizmente acabou tudo bem, mas nunca mais me esqueci ….

E nunca se esqueçam que existe uma linha quase transparente separando o "necessário" daquilo que é conveniente muitas das vezes….

Sem comentários:

Enviar um comentário