Visitas

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Rostos .... olhares de luz ...








Volto com o tema rostos de crianças; como já referi aqui neste blogue, fascinam-me estes rostos cheios de expressividade, imagens maravilhosas que falam, e como diz o poema, " montra despida de mentiras " ...

Rostos abertos,
almas vivas,
olhares de luz,
Sorrisos
Rostos fechados,
tristes,
doridos ...

O rosto…
Túnel do espírito,
Marca o compasso da vida
Corrida, parada, dançada.

O rosto…
Esboço, aguarela e pastel
do viver…
Emoção e paragem,
do sentir…

O rosto…
Paradoxo do tempo,
arte do engano,
tela pura de tons naturais,
burlesco de pastéis misturados
sem arte.

O rosto…
montra despida de mentiras
compradas, sem etiqueta.
de olhares húmidos, trocados
em reflexos de ser.

Rostos…
pregados, lisos, puros,
suplicantes, magoados, feridos,
perdidos, encontrados e gerados,
Rostos de todos nós ....


Rapinado à net, fotografias e poema (Maria Theresa).




--------------------------------------------------------------------------------

Sem comentários:

Enviar um comentário