Visitas

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Hoje é dia de S. Martinho e, ... vai a adega e prova o vinho !



Encontrei este poema simples, mas que se aplica ao tempo presente, para todos um dia bem passado...

Em tempos que já lá vão
Ia-se provar o vinho novo no dia de são Martinho
Levávamos o copo na mão
Para se provar o novo vinho

O tempo foi-se passando
E ficou a tradição
Agora vive-se sonhando
De copo vazio na mão

Já não temos esses lazeres
Já nada é como outrora
Não há dinheiro para o comer!
Quanto mais vinho por hora...

Já não ganho para a sopinha
Quanto mais pró vinho novo
falta hoje há barriguinha
Tantas castanhas ao povo!

Elas estão caras meu Deus
Tudo é negócio porém
Desde que existe o euro
Não ganho eu, nem ninguém.

Esta vida está demais
Já não pode haver festejos
Foram-se de vez os reais
Come-se açorda de poejos.

E mesmo deste jeito, difícil está
Para dar-mos poejos arranjados
O tempo não muda, trás
Está o campo todo cercado.

O tempo é de reflectir
E tem que ser muito bem vertebrado
Não há algo que me faça rir
Pois está tudo por aqui classificado

Viva então esse dia
Que aqui está a ser recordado
Posso não ter alegria!
Mas quero-o sempre a meu lado.

Nem que seja só pró lembrar
E não haja nada para beber...
Festejo com água para ressacar.
Do tempo passado que vivi, no ter!..

Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=21663#ixzz14zcr8FHG
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial No Derivatives

2 comentários:

  1. Fantástico o seu blogue Dulce, o que vi adorei e com mais tempo vou ver tudo!
    Mais uma surpresa... já vi trabalhos seus, e já ouvi falar de si, e agora é que descobri que é a Bolota!Parabéns!!!
    Um Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Alda pelas suas palavras bonitas... beijinhos

    ResponderEliminar